A diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAA/MT) lamenta a morte do advogado Carlos Eduardo Campos Borges. Ele foi a óbito neste domingo (04/10), em Tangará da Serra, vítima de infarto.

 

Sócio do escritório Zorzo, Campos Borges & Castilho, localizado em Tangará da Serra, Carlos Eduardo presidia a Comissão Estadual de Direito Sistêmico.

 

Em homenagem ao advogado com grandes serviços prestados à advocacia, a OAB-MT decretou três dias de luto a contar desta segunda-feira (05). 

 

Neste momento de dor e profunda tristeza, a CAA/MT coloca-se à disposição para a prestação de quaisquer auxílios à família enlutada.