A Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAA/MT) lançou um projeto inédito sobre saúde mental na advocacia, em parceria com o Instituto de Psiquiatria e Estimulação Cerebral (IPEC), em Cuiabá, para prestar apoio psicológico e psiquiátrico aos profissionais.

 

A instituição, assim como o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), preocupada com o bem-estar dos profissionais, alerta para doenças que afligem o dia a dia da advocacia como depressão, transtorno de ansiedade generalizada, transtorno obsessivo compulsivo e Síndrome de Burnout, que além de doenças graves, são também causas muito prováveis de alcoolismo, dependência química, e não raro, de suicídio.

 

“Um dos focos do projeto é prestar apoio aos advogados e advogadas que passam por esses transtornos, como queda da produtividade, dificuldade de concentração e crises de pânico, cada vez mais comum na profissão por diversos motivos, e que muitas vezes não conseguem assimilar o que de fato está acontecendo”, explica o presidente da CAA/MT, Itallo Leite.

 

Segundo ele, a parceria com o IPEC, coordenada pelo médico psiquiatra Manoel Vicente de Barros, prestará auxílio aos profissionais com acompanhamento adequado que irá apontar doenças relacionadas ao esgotamento mental e indicar o melhor tratamento.

 

Além do trabalho assistencial, uma campanha com divulgação de vídeos informativos será disponibilizada nas redes sociais da CAA/MT com dicas sobre prevenção e formas de tratar as patologias, assim como a importância do profissional detectar os sintomas e procurar ajuda.

 

“É importante que o profissional reconheça que pode ficar doente devido ao esgotamento físico e mental e, aos primeiros sintomas, procure ajuda o mais rápido possível. Essa é a nossa preocupação e de todo o Sistema OAB”, destaca a vice-presidente da CAA/MT, Xênia Artmann Guerra.

 

A advogada lembra que para algumas pessoas possa ser desconfortável falar de temas assim. "Falar do que nos é desconfortável é um dos objetivos do nosso projeto e assim tentar auxiliar os profissionais da advocacia a enfrentar sem preconceito esses fantasmas para buscar auxílio médico, quando necessário”, concluiu Xênia. 

 

CONVÊNIO - O apoio e tratamento de saúde psicológico serão mais um benefício aos associados da Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso, por meio de um convênio assinado esta semana com o IPEC, para que os profissionais possam usufruir de médico psiquiatra, médica clínica geral e intensivista (clínica geral, fibromialgia e enxaqueca) e psicóloga (tratamento com Estimulação Magnética Transcraniana) com valores especiais.

 

Os advogados e advogadas que estiverem realizando o tratamento com estimulação magnética terão acesso a consultas com o psiquiatra sem custo extra e com preferência de horários. As consultas e o tratamento poderão ser pagos em dinheiro ou cartão de débito ou crédito à vista. 

 

Mais informações no site www.caamt.com.br ou pelos telefone (65) 3644-1374/1006.